Nesse texto Jesus nos desafia ao discipulado. Ele quer fazer de cada um de nós um discípulo para sermos participantes da implantação do seu reino neste mundo. Este é o seu projeto e para isso Ele precisa de discípulos e não, simplesmente de seguidores.1. QUEM SÃO OS CONVOCADOS? Quem são as pessoas   convidadas a participar da grande obra que o Senhor quer fazer? Eram pessoas de mãos calejas, limitados até no seu vocabulário. O que Jesus viu neles? 1º. Jesus viu que eram pessoas prontas para aceitar responsabilidade. Embora não fossem homens eruditos estavam totalmente envolvidos com a sua vocação. Eram pessoas ocupadas e dispostas para o trabalho. É com esse tipo de gente que Jesus conta ainda hoje e chama para participar do seu projeto de transportar pecadores das trevas para a luz. 2º. Jesus viu que eram pessoas que ambicionavam o Reino de Deus. O paradoxo na vida desses pescadores é que eles não eram religiosos, eles não foram instruídos pelos Rabinos. Mas eles viviam a realidade popular do Reino de Deus, é por isso que André ao receber a informação de João Batista, imediatamente procurou Pedro e disse: “Achamos o Messias”. Isso quer dizer que eles estavam procurando. Eram homens rudes, mas cheios de sede de mudança. Homens que ansiavam pelo Reino de Deus. Homens que tinham na alma o  desejo de encontrar o Messias. Jesus usa para fazer parte do seu projeto de implantação do seu Reino pessoas que ambicionam pelo mesmo. 3º. Jesus viu que eram pessoas que eram capazes de dar maior significado à vida que levavam. Gente que aceita desafio. É com esses que Deus conta. Jesus fala vocês se afastem um pouco e lancem as redes em mares mais extensos e eles aceitam o desafio. É isso que Jesus espera encontrar em nós também, porque só assim estaremos habilitados para o discipulado.

O DISCIPULO DE CRISTO Mt. 4:18-22