Respondendo a pergunta do boletim anterior: O que Jesus nos ensina no texto acima? Quais são os importantes princípios que encontramos neste texto?

1.A justiça deve ser praticada pelos méritos da justiça e não por ser popular. Vejam que Jesus deixa isso muito claro no verso primeiro: “Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, como fim de serdes cistos por eles…” A justiça deve ser praticada sendo ela popular ou não. Exercer a justiça para agradar as pessoas que nos rodeiam é o mesmo que não roubar porque a polícia está por perto. O que Cristo quer nos ensinar é que antes de qualquer decisão, precisamos fazer a nós mesmos as seguintes perguntas: é certo? é justo? é direito? promove o bem? Se eu puder responder sim! a todas estas perguntas então estou optando pela justiça. 2. A discrição é uma atividade dos grandes, mas o alarde é o artifício dos medíocres. No verso 2 Jesus nos ensina que quem precisa tocar trombeta pelo que faz é hipócrita. Quem precisa alardear o que faz é medíocre. Quem necessita ostentar, propagandear o que faz é fraco. Aquele que é não precisa dessas coisas, mas o que não é, vive dos aplausos. Os verdadeiros ricos não precisam ostentar o que tem, os verdadeiros fortes não precisam ostentar sua força, os verdadeiros generosos não fazem nenhum beneficio para serem vistos, os verdadeiros santos sentem como se nunca tivessem feito nada; os verdadeiros sábios sentem como se nada soubessem; Os verdadeiramente poderosos sentem-se impotentes, mas o medíocre alardeia o que faz para se sentir superior.

COMO NÃO SE FRUSTRAR COM A RELIGIÃO Mt. 6:1-4(parte 2)