Como crentes em Cristo Jesus e apaixonados pela obra de Deus, somos muitas vezes colocados em situações difíceis, e precisamos ser honestos inclusive naquilo que ensinamos. Como eu posso então dizer para uma criança que nasceu em favela e vive numa situação de extrema pobreza que ela é amada de Deus? Como eu posso dizer para uma criança que acaba de ficar órfã de Pai e mãe por causa de um desastre ecológico que Deus a ama? Como dizer para uma menina que foi abusada pelo próprio pai que Deus é um Pai bondoso? Creio que diante disso nós precisamos estabelecer algumas coisas como verdade. Para sermos honestos na prática da nossa fé precisamos entender algumas coisas. 1. Que a criação tem um propósito. O universo foi criado com um objetivo. Nós não estamos aqui por acaso, nem por um pensamento fortuito de Deus. Quando Deus criou este planeta ele o fez para servir de habitat para a raça humana. Então a criação tem um propósito. 2. Que os seres humanos foram criados com uma capacidade única. Basta dizer que o ser humano é uma criação singular de Deus. O único a ser criado a imagem e semelhança do Senhor. É por isso que o ser humano tem capacidade de adorar, criar, inventar e escolher.  3. Pecado não é só somente a pratica de coisas erradas. Pecado é, acima de tudo, nos afastarmos do propósito de Deus. Fazer coisas erradas é mais um resultado do pecado. Deus nos deu capacidade para obedecê-lo, mas nós escolhemos desobedecê-lo. Foi daí que surgiu miséria, pobreza, doença, guerra e todo tipo de sofrimento. Por isso viver em obediência a Deus é a melhor coisa que podemos fazer.

O PERENE CUIDADO DE DEUS Mt. 8:14-17