Atendendo a vários pedidos deixo aqui um esboço do que vimos no culto vespertino de domingo passado quanto à pacificação. Para sermos pacificadores existem alguns princípios práticos que precisamos levar em consideração:

  1. Procure Nunca Dizer a verdade, se ela servir para ferir e não para curar. Em nome da verdade tem se feito muito mais mal do que imaginamos, basta que ela seja dita na hora errada e da forma errada e à pessoa errada.
  2. Procure entender as pessoas antes de julgá-las. Não dê a sentença antes de dar um tempo para pensar.
  3. Procure assumir a seguinte filosofia: “É melhor ser feliz do que estar certo”. Criamos guerra com as pessoas, na maioria das vezes, porque queremos estar sempre certos. Importante é estar bem, estar em paz.

4.Procure ter sempre na consciência que as palavras ferem, os atos matam e as atitudes marcam para sempre. “Viver é desenhar sem borracha. Passou o risco não pode mais apagar”. (Millor Fernandes).

  1. Procure assumir o seguinte compromisso: Se eu não estiver em paz comigo mesmo não emitirei opinião sobre os outros para que não venha a projetar as minhas próprias frustrações e fobias sobre eles. Geralmente o que vemos de nós nos outros é o que criticamos. Eu critico no outro aquilo que faz o outro ser parecido comigo.
  2. Procure entender e viver a filosofia de que ninguém muda pela força. Corações e mentes são ganhos pelo único poder capaz de mudar as pessoas que o poder do amor. Então não trate ninguém com violência.
  3. Procure entender que guardar mágoas por mais de três dias é capricho. Neste caso você está fazendo a propósito, porque em três dias qualquer um pode perdoar. “Não se ponha o sol sobre a vossa ira”.
  4. Procure reconhecer que amar requer mais coragem do que odiar. Odiar é muito fácil, basta dar vazão ao seu sentimento mesquinho e a ira vai para frente. Mas para amar é necessário coragem. Só os nobres amam. Os medíocres odeiam. Odeiam porque eles são muito pequenos e amar requer grandeza de alma.
  5. Procure reconhecer que uma das virtudes que mais nos aproxima do coração de Deus é a paz. O nosso Deus é o Deus da paz. Você deseja estar próximo do coração de Deus? Então seja um pacificador.
  6. Procure entender que tanto o ódio como a paz tem o poder da multiplicação em escala geométrica. Mude a você mesmo e comece a amar e a ser pacificador em quem sabe você mudará o mundo.
SEMEANDO A PAZ