“Bem aventurado aquele cuja iniqüidade é perdoada, e cujo pecado é coberto”(Sl. 32:1)

Em um cemitério de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais há uma lápide sem nome, com apenas uma palavra escrita: “Perdoado”. Ao ver isso, fiquei pensando: existe alguma inscrição melhor? Em ultima instancia, o que importa o nome, a idade, a profissão ou qualquer outro título do morto? Ele fora perdoado, perdoado por Deus. Isso vale infinitamente mais que honras humanas.

Por essa palavra, a pessoa que morreu deixou clara a sua condição diante de Deus. Certamente havia pecado contra Deus de várias formas. Era culpado, merecia julgamento e, como tal. Só podia esperar a morte eterna conforme a Bíblia Sagrada nos diz. Mas, “Perdoado” nos fala da libertação desse estado pecaminoso. Deus lhe havia concedido perdão.

Quem passa por essa experiência não pertence mais a este mundo. Foi lavado no sangue do Cordeiro de Deus (Ap. 1:5), e Deus prometeu jamais se lembrar de suas iniqüidades e pecados. Cristo pagou a dívida de todo que nele crer.

Mas você sabia que um dia o indivíduo enterrado nessa cova ressuscitará para a vida eterna? Revestido de um corpo glorioso, irá encontrar-se com Jesus quando  Ele o chamar.

Quão abençoados são os que podem escrever “perdoado” em suas lápides! Se você tiver de definir a inscrição de sua lápide o que constará nele?

PERDOADO