1.Que maneira de viver.

“Firme!” (Verso 6). É o contrário de estar sob efeito do álcool ou droga. Este tem sido um dos temas principais das cartas de Paulo a Timóteo. Em um mundo cambaleante, quando o povo já perdeu o rumo e está correndo atrás de tudo quanto é idéia extravagante, o cristão, e principalmente o líder cristão, precisa ater-se firmemente à verdade conforme revelada na Palavra de Deus. Assim, é exortado, mais uma vez, a se concentrar nas coisas que nunca mudam: a necessidade de ensinar, de animar, de inspirar, levando as pessoas cada vez para mais perto de Cristo. Não há dúvida que temos responsabilidade de “acompanhar” o que está acontecendo no mundo; mas temos uma responsabilidade ainda maior de nos agarrar ao que Deus nos tem revelado em sua Palavra, principalmente a respeito de Jesus Cristo, nosso Senhor.

  1. Que maneira de morrer.

“Pronto!” (Verso 6). Quem atravessa a vida patinando e se chafurdando, não terá possibilidade de enfrentar a morte da maneira que Paulo fez. Que testemunho o seu! É como a Rocha a que se agarra ao enfrentar a sua última viagem. Nada de tempo desperdiçado, nada de rendição na batalha, nada de transigência na fé. À sua frente nada senão esperança, gozo e a realização de tudo aquilo para que havia vivido (Verso 8).

Se hoje você tivesse de enfrentar a morte, teria a mesma confiança a respeito da sua vida que Paulo teve a respeito da dele? Ora agora a fim de que você não tenha pesares pela maneira que gastou a sua vida.

UMA QUESTÃO DE VIDA OU MORTE II Tm. 4:1-8