O salmo 23 é o salmo do Bom Pastor. Constitui-se num dos mais belos e conhecidos poemas da língua hebraica. A Vida pastoril foi uma experiência constante na vida dos israelitas. Davi, o rei poeta, foi pastor de ovelhas. Nesse salmo ele transporta suas experiências de pastor de ovelhas, para a sua vida espiritual. Deus é o seu pastor. Vejam o conteúdo maravilhoso desse salmo.

1. O Bom Pastor supre as necessidades das ovelhas (Versos 1-3).Como pastor, procura nutrir e dessedentar o rebanho, assim o Bom Pastor nutre e dessedenta o corpo e alma dos que dependem Dele.

2. O Bom Pastor guia as ovelhas pelas boas veredas (Versos 3-4). O pastor de ovelhas procura os melhores lugares. Quando os caminhos se tornam perigosos, a vara e o cajado funcionam para recolocar as ovelhas nas veredas certas.

3. O Bom Pastor provê a paz e a benção (verso 5). A paz é a mais rica virtude que gozamos à mesa da refeição. Quando Deus está presente às nossas mesas temos paz e comunhão e os inimigos não se aproximam. A benção da plenitude espiritual está significada pela frase “O meu cálice transborda”. O cálice transbordante era símbolo de fartura espiritual e material.

4. O resultado da comunhão com o Bom Pastor (verso 6). A experiência dos que tem Deus como Guia e Pastor, é conhecer que o Senhor é bondoso e misericordioso. O resultado dessa íntima comunhão e experiência é o desejo de estar na presença de Deus. O melhor lugar é a casa do Senhor.

O POEMA DO BOM PASTOR